Nem todo amor é para ser vivido.

Relacionar-se com outra pessoa requer que estabeleçamos a capacidade em não tornar o outro um cúmplice do passado vivivo ou refém de complexos, inseguranças ou traumas.

Se o ego for maior que a capacidade em respeitar as diferenças e valorizar as virtudes, a toxidade da relação , sempre fará o algoz encenar ser a vítima, e a verdadeira vítima, a parte que sofre pelo narcisismo do outro, a maior parte das vezes, sentir-se culpada em virtude da opressão de amores adoecidos.

Volto a frisar que nem todo amor é para ser vivido.

Psicólogo Marcus Fleury

Whatsaap (62) 98191-5133

www.psifleury.com.br

marcus@psifleury.com.br

#terapeutize_se #terapiaonline #amorproprio #resiliencia #dependenciaemocional #relaçõestoxicas

#serfeliz

Usamos cookies que armazenam informações suas com o objetivo de melhorar sua experiência com nossos serviços, de acordo com nossos Termos de Uso.