Fale sobre suas dores!

Eu tenho uma notícia para te dar!

As suas dores, as suas mágoas, as suas tristezas e seus traumas vão vir à tona quer você queira, ou não! Elas vão vir para “fora” independente da sua vontade!

Mas, calma! Você pode escolher como isso vai acontecer e essa é a boa notícia.

A primeira opção é se calar e desconsiderar a importância de falar sobre suas dores. Neste caso, elas aparecerão na forma de ansiedade, angústia, irritação, raiva, impulsividade, vícios, insônia, oscilações de humor e confusões de pensamento, além de um grande conjunto de sinais e manifestações que trazem prejuízo e sofrimentos para as pessoas e para aqueles que estão ao seu redor.

A segunda opção é acolher suas dores e falar sobre elas. Neste caso, por meio da palavra e do diálogo, a pessoa terá a oportunidade de conhecer melhor seus sentimentos e como eles funcionam, possibilitando a elaboração e ressignificação dos mesmos. Isso permite a construção uma nova forma de ser e estar no mundo, estabelecendo uma forma saudável de relacionamento consigo e com os outros.

A segunda opção é terapêutica e possibilita a interrupção ou, ao menos, a diminuição dos sintomas, forma desorganizada de manifestação de suas dores. O Psicoterapeuta pode te ajudar.

Portanto, fale sobre suas dores!

Usamos cookies que armazenam informações suas com o objetivo de melhorar sua experiência com nossos serviços, de acordo com nossos Termos de Uso.