Perfeccionismo pode ser um beco sem saída e munição para ansiedade

Perfeccionismo é um beco sem saída e uma munição para ansiedade

Muitas pessoas que sofrem de perfeccionismo pensam que seu sistema de crenças os leva a um melhor desempenho. Eles pensam que isso os empurra para serem melhores do que normalmente seriam.

Há alguma verdade nisso, mas depende de como você joga. Se você olhar para o conceito de perfeição como uma mera sugestão ou um padrão, então você deve estar bem. Pelo menos isso dá a você algo em que almejar.

Não se concentre apenas no que está à sua frente. Não se concentre apenas no que é convenção ou expediente. Nesse contexto, o perfeccionismo pode ser uma grande ajuda.

No entanto, muitas pessoas acabam sofrendo de perfeccionismo porque suas intenções são diferentes. Eles são motivados por outra coisa. Eles vivem suas vidas de acordo com as regras e expectativas de outras pessoas.

Como eu disse, ter uma ideia do “perfeito” pode ajudá-lo se funcionar como algum tipo de padrão que o levará a se comportar ou ter um desempenho melhor do que normalmente faria. 

No entanto, se sua ideia do que é perfeito gira em torno das regras e expectativas de outras pessoas, então haverá um problema.Você não está mais vivendo sua vida para si mesmo, você está vivendo sua vida para outra pessoa.Você começa a viver sua vida de acordo com padrões irrealistas que você mesmo não controla.Você continua tentando agradar aos outros e não é mais responsável pelo processo. Atendencia que se deem mal. Não é incomum que pessoas nessa situação acabem correndo atrás do próprio rabo e acabem sem muito nada depois de tanto tempo, esforço e aborrecimento. Trágico, né!

A verdade é que os padrões devem pressioná-lo, mas não devem intimidá-lo. Eles não devem esmagá-lo ou colocá-lo em uma posição onde você vai se queimar mais cedo ou mais tarde. Em vez de um fardo, a ideia de perfeição deve dar um impulso aos seus passos e dar mais vitalidade aos seus esforços diários.

Infelizmente, é muito fácil fazer isso com perfeccionismo destinado a impressionar os outros ou viver de acordo com outros padrões. Também é muito fácil fazer isso se sua busca pela perfeição for motivada por algum senso de obrigação.

Você acaba sendo intimidado por esses padrões. Eles parecem impossíveis. Eles parecem tão distantes. Na verdade, as coisas podem voltar tanto que a perfeição pode parecer zombeteira! Em vez de algo que deveria inspirá-lo e empurrá-lo para cima e para fora, eles o intimidam tanto que você acaba desanimado. Você não quer acordar no dia seguinte para fazer a mesma coisa repetidamente.Vivem ansiosos. Envelhece muito rapido

Não cometa erros. Os padrões devem inspirar você para algo maior e mais elevado. Você sabe que está lidando com os padrões errados quando eles fazem você se odiar, duvidar de si mesmo ou se reprimir de alguma outra forma.

Compreender o perfeccionismo como um beco sem saída é etender que você pode acabar perseguindo o próprio rabo, correndo atrás das sombras e, no final do dia, mesmo que alcance seus objetivos, fica com um saco vazio, munido de ansiedade, afinal, o esforço continuo em agradar o outro, desencadeia varias sensações desprazerosas.

Portanto se você se considera perfecionista, mas essa atitude não é algo que lhe impulsiona e o motiva, mas algo que tende a seguir um padrão para obter aprovação, proucure uma ajuda profissional, trabalhar o auto conhecimento e aceitação pode ajudar. Nesse sentido, me colo a disposição, conheca minha base de artigos, um pouo mais sobre mim, me mande uma mensagem por e-mail ou whatsapp, ficarei feliz em ajudar.

Usamos cookies que armazenam informações suas com o objetivo de melhorar sua experiência com nossos serviços, de acordo com nossos Termos de Uso.