O que causa a automutilação infantil? Parte l

O que causa a automutilação infantil? Parte l

O que causa a automutilação?

Se você conhece alguma criança que você suspeita que está praticando automutilação, isso pode estar acontecendo por quatro motivos:

1. Ambiente mal pensado

A primeira causa é um ambiente mal pensado. Quando estamos lidando com uma criança que se machucou, a primeira hipótese com a qual nós precisamos trabalhar é que ela não fez isso de propósito. Afinal, quando somos  crianças, não temos tanta noção de perigo. 

Portanto, antes de concluir que a criança fez isso de propósito, com a intenção de se machucar, você precisa olhar os ambientes que essa criança está frequentando. E se perguntar se esses ambientes não estão perigosos demais para a capacidade atual da criança.

Por exemplo, olhe para sua casa e se pergunte: será que a minha casa foi construída de um jeito que é muito fácil tropeçar na quina de uma mesa ou se machucar com uma tesoura? Só depois que você consegue eliminar a hipótese de que a sua criança está se machucando por acidente, você começa a pensar nesse fenômeno como algo intencional.

2. Dificuldade de lidar com emoções

A automutilação, tanto em crianças, quanto em adultos, pode ter a função de acalmar uma emoção muito forte do momento. A criança pode estar passando por uma crise de raiva, de tristeza ou de ansiedade e ela descobriu que machucar a si mesma tem um efeito calmante.

E de fato existem evidências científicas de que, quando você se corta, o seu corpo libera algumas substâncias que podem ser calmantes em alguns casos. Por isso que é muito importante observar quando a automutilação acontece. Ou seja, se ela acontece logo depois ou durante uma crise de raiva, tristeza ou ansiedade. Porque isso pode ser um sinal de que ela está servindo ao propósito de acalmar a criança.

3. Uma forma extrema de pedir atenção

A terceira causa possível é que a automutilação é uma forma extrema de pedir atenção, tanto em crianças, quanto em adultos. A automutilação pode ser um jeito de chamar atenção e pedir a ajuda das pessoas em volta, se a criança tem dificuldade de comunicar que precisa de ajuda, ou as comunicações que ela tenta fazer são ignoradas.

Algumas pessoas podem usar o ato de se machucar como um jeito desesperado de receber alguma ajuda. Por esse motivo, observe na sua criança em que momentos a automutilação está acontecendo – se ela acontece logo após longos períodos de tempo em que a criança não recebeu atenção ou ajuda. Ela pode estar cumprindo essa função!

E aqui é muito importante fazer uma ressalva: o fato de que a criança usa a automutilação para chamar atenção não significa que você deve ignorá-la quando ela se machucar. Afinal, ignorá-la pode fazer com que ela tome atitudes ainda mais extremas do que a automutilação para receber a atenção.

Em vez disso, o que você precisa fazer é ser capaz de identificar os pedidos de ajuda que ela fez antes de tomar essa atitude extrema e, então, ajudar ela antes disso acontecer.

Usamos cookies que armazenam informações suas com o objetivo de melhorar sua experiência com nossos serviços, de acordo com nossos Termos de Uso.