Identificando um psicopata...

Identificando um psicopata...

No post anterior falamos sobre as principais características do psicopata, bem como, as diferenças entre psicopatas e sociopatas. Agora vamos falar sobre os sinais e comportamentos de um psicopata.

10 sinais e comportamentos de um psicopata

Confira a seguir dez atitudes que são muito frequentes em pessoas psicopatas.

▪︎Conta muitas mentiras

Como o psicopata pensa só em conseguir o que quer, não teria porque, no raciocínio dele, não usar todos os artifícios cabíveis para conquistar aquilo que deseja. Pode ser considerado um mentiroso patológico.

▪︎Gosta de adrenalina

Os psicopatas gostam de sentimentos intensos e, por isso, a adrenalina precisa estar sempre presente. Não são fãs de rotina e até mesmo de manter relacionamentos, seja com amigos, família ou parceiros.

▪︎É impulsivo

Já que a impulsividade torna tudo mais emocionante e aumenta a adrenalina, este também é um comportamento comum em pessoas com este transtorno. A mania impulsiva, inclusive, é um dos comportamentos que torna mais difícil a convivência com psicopatas.

▪︎Tem a fala persuasiva e conquistadora

Assim como mentir, a persuasão ajuda a conquistar o que eles quiserem. Os psicopatas costumam ser muito funcionais, se adaptando de acordo com o ambiente para agirem como for melhor para eles.

▪︎Se estressa e explode com facilidade

Junto com a impulsividade, este ato dificulta muito a convivência com os psicopatas. Pessoas com o transtorno tendem a não ter paciência, porque a paciência é, em especial, uma questão de educação e sociabilidade.

▪︎Não se sente culpado

O psicopata não consegue sentir remorso nem culpa por agir de forma antissocial. A teoria é que ele não sente a necessidade de seguir os protocolos sociais como nós sentimos, e, por isso, não se sente culpado por agir “fora da linha”.

▪︎Não sente empatia pelos outros

Todas as mentiras e as ações persuasivas e manipuladoras são feitas porque o psicopata não sente empatia, ou seja, não se coloca no lugar do outro e não pensa nos sentimentos das pessoas à sua volta. Todas as ações do psicopata são em prol dele mesmo.

▪︎Possui sentimentos superficiais

De acordo com o psicólogo canadense Robert Hare, um psicopata ama uma pessoa assim como amamos um carro, ou seja, não é igual ao nosso amor por pessoas queridas, mas sim um sentimento superficial. Um psicopata não consegue vivenciar as emoções e sentimentos como nós as vivenciamos.

▪︎É irresponsável

Quando o psicopata é muito impulsivo, muitas vezes pode ser também irresponsável. Tanto no sentido amplo, de não comparecer ao trabalho ou a eventos importantes, como aniversários, quanto no sentido emocional, magoando pessoas à sua volta e agindo só de acordo com seus próprios interesses.

▪︎Acumula más atitudes desde a infância

Como a psicopatia tende a ser uma questão genética, os psicopatas já nascem assim e, portanto, podem ter más atitudes e agir de forma egoísta e agressiva desde a infância. No entanto, é mais difícil identificar a psicopatia nas crianças, já que elas estão ainda se adaptando às regras sociais e aprendendo o que é aceitável ou não de se fazer.

 Como identificar um psicopata?

Apesar de elencarmos aqui sinais de um psicopata, o diagnóstico só pode ser feito por um médico psiquiatra, com apoio de um psicólogo, caso o paciente esteja em acompanhamento 

Psicopata mulher x psicopata homem

A psicopatia em grau grave é mais comum em homens do que em mulheres, segundo estudo do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino. Além disso, o transtorno se manifesta de formas diferentes entre homens e mulheres.

As mulheres psicopatas tendem a ser menos impulsivas que os homens com a mesma condição. Por isso, o diagnóstico correto demora muito mais tempo para ser dado e, portanto, o tratamento correto também é protelado.

No caso dos homens, o transtorno fica mais evidente na fase da adolescência, porque os transtornos de personalidade como um todo costumam se manifestar mais entre a adolescência e o começo da fase adulta.

A maioria dos psicopatas não matam nem torturam, como vemos nos filmes. Na maior parte das vezes, são “apenas” narcisistas e manipuladores, com graus e manifestações que variam de acordo com a personalidade de cada gênero. Homens e mulheres vão manifestar suas impulsividades e suas tendências sexuais de formas diferentes, por exemplo.

Usamos cookies que armazenam informações suas com o objetivo de melhorar sua experiência com nossos serviços, de acordo com nossos Termos de Uso.