Psicoterapia, alivio para os problemas psicológicos

Psicoterapia, alivio para os problemas psicológicos

A psicologia possui diversas abordagens, ou seja, formas distintas de compreender o ser humano e suas manifestações, através de métodos e técnicas para identificar a realidade psíquica do sujeito. O objetivo é compreender o inconsciente a partir do que o sujeito traz e realizar a psicoterapia de acordo com o que seja mais adequado para cada paciente.

O trabalho do psicólogo trata-se de uma intervenção que atua no processo de tomada de consciência diante de questões psicológicas e emocionais. Através da fala do paciente cria-se uma relação mais fluida com o profissional. O objetivo é aliviar o sofrimento, minimizando os sintomas e permitindo transformações que reflitam na ressignificação das emoções. Porém, ainda que o psicólogo auxilie neste processo, é o paciente que encontra as próprias respostas e toma as próprias decisões. Assim, o sucesso da psicoterapia está intimamente ligado à determinação e implicação de cada pessoa.

Quem pode fazer psicoterapia?

Muitas pessoas acreditam que somente quem já tem um problema psicológico diagnosticado deve procurar a psicoterapia, mas isso não é verdade. Qualquer pessoa, desde a infância até a velhice pode procurar o auxílio de um psicólogo para preservar a saúde mental e aprender a lidar melhor com diferentes aspectos da vida. Afinal, todos têm emoções, sentimentos e pensamentos, concordam? A forma como o profissional vai conduzir este processo varia de acordo com a necessidade e a complexidade da questão (quando há algum diagnóstico), mas seja de forma "curativa" ou preventiva, a essência do acompanhamento psicológico é a busca pelo desenvolvimento humano e qualidade de vida. Há diversas especializações e abordagens terapêuticas dentro da psicologia. Eu, Psicóloga Maristela Silva, me dedico de maneira especial a:

Atendimento adulto: Existem diversas possibilidades desde tratar algum tipo de sofrimento psíquico, quando ocorre alguma situação pontual onde a pessoa deseja uma orientação para refletir e lidar melhor com determinado acontecimento; na busca pelo autoconhecimento, e assim por diante.

Atendimento adolescentes: É voltado para o processo de desenvolvimento nesta fase importante da vida propensa a ocasionar sofrimento emocional e alteração de comportamento devido às transformações emocionais e psíquicas e até físicas que ocorrem.

Atendimento casal: Não é restrito somente a pessoas casadas. Abrange casais de namorados e noivos, por exemplo, ou seja, a configuração pode ser alterada desde que haja como base uma relação afetiva. Normalmente a procura se dá devido a conflitos que levam a um desgaste na união, entretanto, existem casos onde a busca acontece devido a preparação para a chegada de um filho, da melhor compreensão de como está funcionando o relacionamento, entre outros.

Orientação de pais: É indicada quando a criança ou adolescente apresenta alguma questão comportamental (desobediência, agressividade, mentiras, falta de limites), demandas específicas geradas por algum problema (ansiedade, depressão, hiperatividade, déficit de atenção, obesidade, etc.) e outras vivências como separação dos pais ou perdas. O intuito é psicoeducar os responsáveis com habilidades que os ajudem a lidar no enfrentamento de situações diversas e para a satisfação das necessidades emocionais das crianças ou adolescentes estruturando o vínculo seguro, afeto e autonomia.

Avaliação psicológica para cirurgia bariátrica: Em um primeiro momento há um acolhimento no sentido de escuta acerca do histórico da obesidade na vida da pessoa e as tentativas de emagrecimento. Em seguida é feita uma avaliação sobre as condições emocionais diante do procedimento pré e pós-operatório, pois trata-se de uma mudança na rotina onde haverá adequação de horários, de como lidar com a alimentação, questões estéticas e as alterações na estrutura física.

Benefícios da psicoterapia

Por não haver restrições quanto ao tratamento, a psicoterapia proporciona ganhos para todos trazendo benefícios, como por exemplo:

Autoconhecimento;

Aumento da autoestima;

Autocontrole;

Desenvolvimento pessoal;

Autonomia;

Motivação;

Tolerância a frustrações;

Superação de conflitos internos;

Percepção dos relacionamentos;

Superação de traumas;

Autogerenciamento;

Auto-observação;

Fortalecimento psicológico.

Cada atendimento é único, pois possui metas diferentes, e é justamente o que torna o processo transformador, pois é voltado às necessidades específicas, o que estimula o desenvolvimento de habilidades e crescimento pessoal, gerando cada vez mais bem-estar e qualidade de vida.

Por Maristela Silva

Psicóloga e futura psicanalista

www.mundopsicologia.com.br

Usamos cookies que armazenam informações suas com o objetivo de melhorar sua experiência com nossos serviços, de acordo com nossos Termos de Uso.