Como funciona a Psicoterapia Infantil?

As primeiras sessões são realizadas com os pais, ou quem exerce essa função. O psicólogo realiza entrevistas iniciais para reunir informações sobre a história da criança e para conhecer a dinâmica da família em que a criança está inserida. Depois, o psicólogo tem maiores condições de entender a queixa e avaliar os objetivos do trabalho.

As sessões seguintes são realizadas apenas com a criança. Sabemos que as crianças não expressam seus sentimentos e emoções como fazem os adultos, verbalizam menos e tem outras formas de comunicações, por isso, o atendimento à ela é feito de forma lúdica, ou seja, “brincando” (desenhos, jogos, massinhas, etc.). É através do brincar que a criança expressará seu mundo simbólico, e com o auxilio do terapeuta encontrará recursos de enfrentamento para se posicionar diante do mundo, mas desta vez, de forma saudável e sem prejuízos no seu dia a dia.

Encontros periódicos com os pais serão importantes ao longo da psicoterapia. A participação dos pais neste processo é imprescindível para sua evolução, muitas vezes, se faz necessário solicitar aos pais informações, como também, oferecerlhes auxílio para o desenvolvimento satisfatório do processo psicoterapêutico. A parceria com a escola também é importante, já que, é no ambiente escolar que a criança passa boa parte do tempo. 

Usamos cookies que armazenam informações suas com o objetivo de melhorar sua experiência com nossos serviços, de acordo com nossos Termos de Uso.