Caminhante, partiu.

O sintoma que aparece na dor é necessário pra que se espere pelo amor ou pela dor....somos caminhos ao andar, mas tudo está lá, no fim tudo encontra, porque o que surge do amor retorna pra o amor.

Não adianta negar, aquele que te abraçou por primeiro, foi quem constituiu o ser que te pertence agora.

Viver mais é pulsar no amor sem medo, confiante como a paz......a diferença ocorre na semelhança, no espelhamento com o outro e com todos ..e por isso viver...e morrer andam juntos porque todos os dias somos outro, somos os mesmos, e na diferença vamos compondo nossa história....de viver pra morrer ...e morrer pra viver.