Características de uma pessoa com boa saúde mental

Características de uma pessoa com boa saúde mental

Segundo Clyde Narramore (2000), uma pessoa com boa saúde mental:

A. Sente-se bem consigo mesma

• Não é vencida por suas próprias emoções – temores, ódio, amor, inveja, ciúmes, preocupações.

• Pode transformar os desapontamentos da vida em grandes passos de crescimento.

• Tem atitude tolerante para consigo e para com os outros; é capaz de rir a respeito de si mesma.

• Não subestima nem supervaloriza suas habilidades.

• Aceita suas próprias falhas.

• Tem respeito próprio.

• Sente-se capaz de lidar com a maior parte das situações que aparecem em seu caminho.

• Obtém satisfação nos prazeres diários simples.

B. Sente-se bem com os outros

• É capaz de dar amor e de considerar os interesses de outros.

• Consegue ter relacionamentos pessoas e satisfatórios.

• Espera, gosta e confia nos outros e tem por certo que outros gostarão e confiarão nela.

•Respeita as muitas diferenças que existem entre as pessoas.

• Não pressiona as pessoas nem permite ser pressionada.

• Sente-se parte do grupo.

• Possui senso de responsabilidade em relação a seus vizinhos e companheiros.

C. É capaz de responder às demandas da vida

• Age em relação a seus problemas na proporção em que aparecem.

• Aceita suas justas responsabilidades.

• Modifica, sempre que possível, o ambiente em que vive; ajusta-se a ele sempre que necessário.

• Está aberta a novas experiências.

• Faz uso de suas capacidades naturais.

• Estabelece alvos realistas para si mesma.

• É capaz de pensar por si mesma e de tomar suas próprias decisões.

• Investe o melhor esforço naquilo que faz e se satisfaz com isto.

Saúde mental significa basicamente ter autoestima e a capacidade de estabelecer relações afetivas com outras pessoas. Pessoas mentalmente saudáveis compreendem que não são perfeitas nem podem ser tudo para todos. Elas vivenciam uma vasta gama de emoções, incluindo tristeza, raiva e frustração, da mesma forma que alegria, amor e satisfação. Enquanto, caracteristicamente, são capazes de enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana, sabem procurar ajuda quando têm dificuldades em lidar com traumas e transações importantes: perdas de pessoas queridas, dificuldades conjugais, problemas escolares e profissionais ou a perspectiva da aposentadoria (Friesen, 2000).

Usamos cookies que armazenam informações suas com o objetivo de melhorar sua experiência com nossos serviços, de acordo com nossos Termos de Uso.