O que é Psicoterapia de Orientação Psicanalítica?

Vamos começar explicando a formação profissional de um(a) psicoterapeuta. 

Sua formação inicial é a graduação em Psicologia. Esse é o requisito mínimo para um(a) psicoterapeuta. Também é desejável, que esse tenha uma pós-graduação específica de Psicoterapia de Orientação Psicanalítica (orientação analítica), que inclui a análise pessoal e as supervisões de alguns casos, na mesma abordagem teórica. 

Na psicoterapia de orientação psicanalítica, a psicanálise (Freud) é a abordagem trabalhada, visando entender os desejos e comportamentos inconscientes do ser humano.

A psicoterapia de orientação psicanalítica se diferencia de uma análise pela técnica utilizada, em parte, no que se refere a frequência das sessões. Tendo um número menor de sessões semanais, não promove uma neurose transferencial regressiva plena.

Embora também utilize a ‘tela’ transferencial sobre a qual se projetam e se recriam os conflitos psíquicos e os mecanismos defensivos inconscientes do paciente, o faz de forma menos sistemática (Eizirik, 2005).

Também pode se apresentar de forma mais breve e com objetivos delimitados (breve/focal).

Para Laplanche e Pontalis (2008, p. 393) a psicoterapia analítica é “uma forma de psicoterapia que se apoia nos princípios teóricos e técnicos da psicanálise, sem, todavia realizar as condições de um tratamento psicanalítico rigoroso”.

Usamos cookies que armazenam informações suas com o objetivo de melhorar sua experiência com nossos serviços, de acordo com nossos Termos de Uso.