Um sistema chamado: Família

Dentro da terapia familiar, existe uma teoria, chamada Teoria dos Sistemas, nela comparamos a familia a um sistema aberto. Antes de continuar, preciso conceituar algumas coisas. 

Primeiro: um sistema é um complexo de elementos em estado de interação. 

Segundo: Os sistemas abertos podem se alimentar de um continuo fluxo de materia e energia extraidos do meio.

Terceiro: Os organismos vivos saão sistemas abertos. 

Quarto: A família é um organismo vivo, sendo assim um sistema aberto.

Para entender a família como um sistema precisamos entender que este funciona como um todo coeso, portanto, mudanças em uma parte, provocam mudanças no todo. Mas esse sistema não é a soma de todas as partes - ou seja, a soma de cada menbro da familia - devemos considerar a complexidade desse sistema e por mais que seja um todo coeso, cada parte mantem sua individualidade. 

Existe algo que chamamos de retroalimentação, que é a circulação de informação no sistema. essa retroalimentação pode ser positiva ou negativa, e ela existe atraves da interação das partes. 

Quando um sistema nao possui interação, ele nao gera retroalimentação, tornando-se um sistema desadequado ou disfuncional. 

A retroalimentação é positiva quando utiliza da interação para absorver aspectos externos do meio e mudar/ adaptar sua organização. E negativa quando ocorre a homeostase, que é um processo de autorregulação que mantem a estabilidade do sistema, ou seja, mantem o sistema sempre o mesmo. 

Um sistema aberto, nao depende do seu ponto de partida para o seu funcionamento, seu equilibrio é determinado pelos proprios parametros. 

Agora, consegue enchergar a familia como um sistema? 

A familia é um sistema complexo e delicado, que é alimentado pelas interações familiares, essas interações podem se tornar saudaveis ou não, depende de como o sistema todo reage, e por mais que essa familia tenha sua "propria forma" ela precisa respeitar a individualidade de cada menbro. 

Como sua familia tem interagido? Um sistema para de funcionar adequadamente quando não tem interação.