Sexualidade Feminina

Assistindo a um documentário da Netflix - Goop Lab - em um dos episódios que fala sobre a sexualidade da mulher, pensei “caraca isso é fantástico. Por que raios eu nunca escrevi sobre isso?”

Em homenagem ao dia da mulher, vamos falar sobre a sexualidade da mulher. E o primeiro ponto que quero destacar é:

 A VERGONHA MATA O PRAZER

Um fato. Muitas mulheres nunca conseguiram chegar a um orgasmo, e falar sobre isso é tão vedado que quando se faz, parece um crime.

Nesses anos de clínica percebi o com grave é a situação. Mulheres solteiras e casadas que não conhecem o corpo e tem medo, tem vergonha de falar sobre o corpo, sentem vergonha de ser quem elas são. Mulheres que em pleno 2020 acreditam que o sexo é apenas para reprodução o que convivem com pessoas que pensam dessa forma e por conta disso são julgadas. Que fique claro, o sexo não é apenas para reprodução. Ele é para o prazer, para intimidade do casal, para um processo de descobertas incríveis.

A vergonha – de falar sobre sexo, sobre a feminilidade da mulher, sobre o corpo feminino – tem matado diariamente o prazer da mulher, a vergonha tem matado por séculos o prazer feminino. Isso é triste.

AS MULHERES NÃO CONHECEM O PRÓPRIO CORPO.

Em 2016 uma instituição de caridade de câncer ginecológico - Eve Appeal - pediu que mil mulheres identificasse sua anatomia em uma ilustração médica, dessas mil mulheres, 44% não conseguiram identificar a vagina e 60% não conseguiu identificar a vulva.

Isso quer dizer que, é muito provável que você que está lendo esse texto talvez não saiba identificar a vagina e a vulva.

Não seria um princípio básico: você conhecer o seu corpo para conseguir ter prazer através dele, afinal como você pode ter prazer em algo que você não conhece?

PRECISAMOS TER CONHECIMENTO SOBRE O NOSSO CORPO.

Muitas mulheres acreditam que o orgasmo deveria ser algo natural e fácil e acabam se culpando por não alcançar as expectativas, a verdade é que, o organismo não é algo fácil, não é algo que acontece de forma simples. Orgasmo é algo que precisa ser trabalhado e conquistado primeiramente perdendo a vergonha do seu próprio corpo depois conhecendo o seu corpo e depois estimulando o seu corpo.

Temos vergonha de falar sobre nossas necessidades e desejos sexuais não falamos disso com amigas e, não falamos na escola. Não se fala de prazer em geral, então você não aprende e cresce pensando que isso é um segredo que você não pode falar disso.

Em um grupo para estimular a sensualidade e a feminilidade foi questionado aos participantes o que elas gostariam de alcançar através daquele grupo, e foi unânime a resposta: elas queriam se sentir mais sensual de forma geral sem depender de elogios ou de outras pessoas. Elas gostariam de não ter vergonha de seus corpos e não ficar se perguntando se naquele dia fizeram algum tipo de exercício ou não, se a roupa tá boa ou não. Elas queriam se sentir bonitas naturalmente. Sentir bonitas e sensuais no seu trabalho, na cozinha ou enquanto cuidam de seus filhos. Precisamos deixar claro aqui que a sensualidade aqui está ligada a plenitude de se sentir mulher, de ser mulher.

Todas têm o direito de se sentir bem com seus corpos e se sentirem sensuais. Não precisamos fazer absolutamente nada para ganhar isso. Você pode malhar para se sentir forte mas não para se sentir sensual, precisamos separar isso da forma como você se vê.

Muitas de nós ficam presas nesse paradigma de ter que ter certa aparência e somos tão críticas com nós mesmas, sendo que nós não somos tão críticas assim com o corpo de outra mulher. Mas somos muito críticas com os nossos próprios corpos.

Existem mulheres que só de falar do assunto de sexualidade, de ser sensual se sente suja e sente que é suja "lá embaixo", isso acontece por conta da cultura os próprios apelidos que se usam para o genital feminino, são apelidos depreciativos. Muitas mulheres passam por cirurgias para alterar os genitais, a maioria das mulheres têm os pequenos lábios para fora por isso cortam os lábios e descolorem para ficar parecido com o de uma boneca, como uma Barbie. Segundo a sociedade internacional de cirurgias plásticas houve um aumento de 45% entre 2015 e 2016 em cirurgias estéticas de labioplastia em todo MUNDO, há registro de meninas de 9 anos pedindo pela cirurgia.

Agora vamos falar de comunicação. As mulheres acham que o sexo é feito para satisfazer o homem ou agem como se fosse. Mas na verdade o sexo é algo lindo, fantástico, que é realizado para o prazer de ambos os parceiros. Não tem nada de pecaminoso ou errado no sexo. No sexo é necessário comunicação. Quando eu digo que a comunicação é a base de um relacionamento é a base de um relacionamento mesmo, e ela é a solução para todos os seus problemas inclusive para sua falta de orgasmo e para os seus problemas conjugais. Não adianta pensar que quer que seu parceiro faça x y z se você não se comunicar, e dizer que quer isso. É de extrema importância que você comunique suas necessidades, e dá para fazer isso de forma romântica e carinhosa. Da mesma forma que é importante você dizer o que você gosta é importante você dizer o que não gosta.

Mas o orgasmo é tão necessário assim para mulher? Claro que sim! Você gosta de querer espirrar e não conseguir? Então é a mesma sensação...

Gozar é uma função natural do corpo e tem sua função na saúde da mulher, pesquisas mostram que o orgasmo pode reduzir stress, inibir o apetite, aumentar nível hormonal, melhorar o sono e o olfato.

Para finalizar eu quero pedir para você mulher, não se comparar com as mulheres de filmes de pornô. Já é um fato as consequências que a pornografia causa no desempenho sexual masculino, nas relações amorosas e na depreciação do papel feminino no sexo. A Pornografia convencional promove e perpetua expectativas irreais quanto a sexualidade e orgasmo feminino, não ha tenha como base.

Quando você se conecta com seu corpo e ama o seu corpo e consegue se dar um orgasmo, você é independente. Você sabe quem você é e o que você quer. Não importa quem você é vergonha cultura nasceu, como se identifica, que país cresceu. A questão não é você com outras pessoas, a questão é você sendo dona do seu próprio corpo, você tendo uma relação saudável e positiva com seu próprio corpo.

Feliz dia da mulher.

Feliz dia para ser mulher.

Usamos cookies que armazenam informações suas com o objetivo de melhorar sua experiência com nossos serviços, de acordo com nossos Termos de Uso.