Leonice dias da Conceição Silva, Psicólogo(a), São Joaquim da Barra

Quem sou e como gostaria de ser

Existem momentos no dia, que eu sou, ou sinto forte, feliz, tímida, positiva, animada, sou mulher, esposa, trabalhadora, mãe, filha, irmã, parceira, amiga, colaborativa, fiel, amada, desejada, bondosa, carismática, verdadeira. Em outros momentos me sinto ou sou completamente o oposto.

Eu sou tudo isso mais um pouco, sou um mistério e estou sempre surpreendendo comigo mesma, cada momento vejo o quando a vida é bela e o quanto preciso aprender. Hoje percebo que nem tudo é perfeito, as pessoas erram, algumas aprendem com seus erros, outras simplesmente ignoram, como se nada tivesse acontecendo. Mas é chegada a hora que o seu corpo exige uma explicação, você não sabe o que ele quer o que ele precisa, mas entende que algo está funcionando de maneira errada. Então você terá que escolher o que fazer com ele, você pode escolher ficar quieto, sofrendo com as necessidades físicas, e ou psicológica, ou procura ajuda para resolver essas questões, ou simplesmente você tem a opção de tentar encontrar uma saída e resolver aquilo que não te faz bem.

A vida é assim, temos escolhas e escolher é perder, mesmo quando você escolhe não escolher, ainda assim você perde. Você perde o direito de escolher.

Complicado, não?

No final de tudo, eu não sou o meu dia, o dia faz parte da minha historia. eu sou exatamente a minha historia, a minha essencia.