Danieli Vieira de Souza, Médico(a), Cuiabá

Qualidade de vida para pacientes com zumbido

O que é Zumbido?

Definido como um som fantasma, o zumbido pode ser gerado por estruturas auditivas ou paraauditivas, e sua etiologia pode estar relacionada a mais de duzentas doenças otológicas ou sistêmicas.

O zumbido gerado por estruturas paraauditivas é raro e geralmente está associado a alterações vasculares, musculares, e da articulação temporomandibular. O zumbido de origem auditiva pode ser gerado por alterações em qualquer ponto da via auditiva, desde a orelha externa até o córtex auditivo.

Geralmente o aparecimento do zumbido resulta em preocupação e angustia. Existe um período de ajuste e os pacientes eventualmente ficam menos atentos aos zumbidos e focam e outros aspectos da sua vida, deixando o zumbido menos importante. Outros pacientes, entretanto, não tem essa sorte. O zumbido trona-se o foco de sua vida. Sua reação ao zumbido torna-se pior, eles são incapazes de ignorá-lo e há um aumento na percepção dos sintomas.

Prevalência: 1 em cada 10 pessoas sofrem de zumbido

Tratamento:

A estimulação sonora tem sido um importante instrumento para o tratamento do zumbido. Para alguns pacientes a simples amplificação do ruído ambiental encobre ou reduz signitivamente a percepção do zumbido. Essa amplificação pode proporcionar alívio do zumbido de maneira imediata lenta ou gradativa para facilitar o processo neurofisiológico da habituação ( tinnitus retraining therapy – TRT)

Vale ressaltar que o zumbido é um sintoma e pode estar associado à várias causas. É fundamental que seja realizada sempre uma investigação médica detalhada antes de qualquer tratamento e aconselhamento.

Como os aparelhos auditivos podem ajudar no zumbido?

- Melhoram a comunicação e reduzem o stress;

- Amplificam o ruído de fundo de baixa intensidade, que pode ser útil para mascarar , habituar e distrair;

- Reduzem a sensação de intensidade do zumbido;

- Distraem (desviam) atenção do zumbido;

- Melhora a descriminação da fala, podendo ser útil para evitar frustração e isolamento;

- O uso correto da prótese auditiva estimula o sistema auditivo e pode reduzir a atividade neural responsável pela geração e percepção do zumbido.

Os recentes avanços no tratamento de pacientes com zumbido associado à perda auditiva clinicamente significativa apontam que a prótese auditiva deve ser considerada como uma opção terapêutica, independentemente da abordagem a ser utilizada ( mascaramento ou habituação)

A orientação e aconselhamento quanto ao melhor método de tratamento aos pacientes com zumbido deve ser individualizado e acompanhado por profissionais especializados na área.