Por quê as pessoas dizem que estão bem quando não estão?

Quantas vezes ouvimos ‘oi, tudo bem?’ no transcorrer de um dia? Você já parou para contar? E quantas vezes não estamos nada bem, mas, automaticamente, respondemos ‘tudo sim e você?’…

Sei bem o quão difícil é se abrir – tanto para desconhecidos como para conhecidos – mas relacionamentos saudáveis são recíprocos e verdadeiros e não podemos negligenciar nossos sentimentos e nem minimizar nossas respostas (até mesmo em questões aparentemente triviais).

Não estou dizendo para você despejar lamentações nas pessoas a todo momento, mas experimente ser mais sincero consigo ao responder a um ‘tudo bem?’. Invés de ‘sim, tudo, e você?’, quando estiver mal por alguma coisa, experimente: ‘ah, estou me sentindo …, por conta de….’.

Muitas coisas mudam, para melhor, quando nos expressamos com clareza e verdade. E também motivamos outras pessoas a serem sinceras com seus próprios sentimentos, bem como empáticas com a gente!

Não é só você! Muita gente não se abre por não acreditar que os outros realmente se importem ou não terem capacidade em ajudá-las, por receio de demonstrar fraquezas, por não saberem aceitar ajuda e conforto e/ou por acreditarem que os problemas dos outros são maiores que os delas.

Vamos mudar isso?

Usamos cookies que armazenam informações suas com o objetivo de melhorar sua experiência com nossos serviços, de acordo com nossos Termos de Uso.