Entenda como funciona o tal algoritmo do Instagram para ganhar visibilidade

O conteúdo que você produz e posta no Instagram resolveu deixar a ordem cronológica de lado há pelo menos três anos e apostar na ordenação e entrega das fotos e dos vídeos pela relevância. O formato inicialmente gerou desconforto em usuários da rede, mas hoje em dia estamos todos habituados e sujeitos ao tal algoritmo, que define o que você vê baseado nessa palavrinha mágica: relevância.

À época que lançou essa mudança na entrega do conteúdo, deixando de seguir cronologia, a empresa explicou como seu algoritmo funciona. A rede social disse que não oculta publicações – exceto as que infringirem suas regras – e permite que você veja todas se continuar rolando o feed. Mas, ela utiliza aprendizado de máquina (machine learning) para oferecer a você um feed do Instagram totalmente diferente mesmo que duas pessoas sigam as mesmas contas. Dentro do conceito de relevância, o algoritmo considera os seguintes critérios:

Interesse: o Instagram sabe quais foram as suas interações do passado e em um processo de visão computacional que indica como você lidou com posts que tinham um conteúdo parecido, considera que o conteúdo A é prioritariamente mais interessante para você;

Novidade: posts mais recentes levam vantagem em relação aos mais antigos, mas isso não significa que a cronologia seja preponderante. O critério de novidade se mescla com os demais;

Relacionamento: sua proximidade com o autor da publicação, com maior prioridade para as pessoas com quem você interagiu com comentários e marcações em outros posts. Exemplo: se você comenta com frequência os conteúdos de alguém, visualiza seus stories, dá like nas fotos, provavelmente o algoritmo entenderá que os posts dessa pessoa ou marca devem ser vistos por você antes de algum outro perfil com o qual você não tenha relacionamento.

Além disso, outros critérios influenciam como o feed será ordenado. O primeiro deles se relaciona com a frequência com que você usa o Instagram. Nesse caso, o aplicativo tentará mostrar as melhores fotos publicadas desde a última vez que você o abriu.

Em seguida, o algoritmo analisa a quantidade de contas que você segue. Quanto mais pessoas você acompanha, menos fotos você verá de cada uma, naturalmente. Por fim, está o tempo de uso, que ajuda a rede social entender se você acompanha poucas fotos por vez ou se passa muito tempo no aplicativo.

Há diferença na entrega de conteúdo entre perfil pessoal ou seu perfil profissional?

Não. O Instagram não entrega mais um ou menos outro. Todas as contas, incluindo perfil pessoal e profissional, conta de empresa, etc, estão sujeitas ao algoritmo que funciona com a mesma lógica, independentemente do tipo de perfil.

Você tem um perfil pessoal ou profissional? Comente com o seu @ e divulgue o seu trabalho como especialista da saúde! Caso as redes sociais ainda sejam motivo para dor de cabeça, contate o nosso time e vamos mudar isso agora mesmo!

Usamos cookies que armazenam informações suas com o objetivo de melhorar sua experiência com nossos serviços, de acordo com nossos Termos de Uso.